Depois do incidente judicial envolvendo a operadora de telefonia móvel TIM, onde um advogado conseguiu uma ordem judicial para impedir que a operadora cortasse seu acesso a internet após o uso da franquia de dados diária, foi a vez de outra operadora sofrer as consequências por tabela: A VIVO. Neste momento, ambas as operadoras estão proibidas através de uma liminar, de bloquear o acesso a internet de seus usuários que ultrapassarem os dados permitidos diariamente, sendo obrigadas a reduzir apenas a velocidade de sua navegação.

Leia mais…